10 filmes para mostrar a qualidade do seu home theater

Precisa de um filme com uma trilha sonora que seja garantia de impressionar as visitas? A Cambridge Audio elencou 10 filmes para ajudar na sua escolha (traduzimos e adaptamos). Antes de começar, vale ressaltar que a lista tenta achar ótimas trilhas sonoras em filmes que sejam ao menos bem assistíveis. Só porque o som é alto e bem projetado não significa que o filme é bom, portanto algumas trilhas boas tecnicamente ficaram de fora da lista.

1. Círculo de Fogo (Pacific Rim) - 2013

O filme: não tem o melhor roteiro ou personagens, mas Círculo de Fogo é deslumbrante de assistir. A cabine do Jager (robô grande), por exemplo, é um set totalmente físico, sem uso de efeitos especiais computadorizados. Cada monstro Kaiju também contém dezenas de homenagens a feras hollywoodianas famosas, ótimas referências para cinéfilos.

A trilha: além da parte visual, muito trabalho foi realizado nos efeitos sonoros. A disposição em camadas de diferentes sons, com uma colocação dinâmica, é um ótimo desafio a qualquer sistema de som residencial.

2. Tron: o Legado (Tron: Legacy) - 2012

O filme: apesar de Jeff Bridges aparecer como um dos personagens computadorizados mais assustadores que já vimos, Tron é sem dúvidas um filme bonito. Chega ao mesmo nível do original, com a sensação de ser o mesmo mundo e conceito.


A trilha: Daft Punk compôs uma das melhores trilhas sonoras até hoje. A combinação de áudio e vídeo em Tron é praticamente perfeita ao longo de todo o filme.

3. Gravidade (Gravity) - 2013

O filme: toma algumas liberdades artísticas com física mais do que aparenta, mas não há dúvidas que Gravidade é um filme emocionante e cativante, com bastante drama visual que o coloca entre os filmes mais memoráveis dos últimos anos. O elenco pequeno dá certa intimidade, que contrasta bem com a vastidão do espaço. O filme é visualmente deslumbrante.


A trilha: Gravidade não ganhou 3 Oscars em categorias relacionadas a som por acidente. O uso de efeitos e colocação é minucioso e a forma que são tratados os momentos que o som deve ou não estar presente (já que no espaço é vácuo) é impressionante.

4. Super 8 - 2011

O filme: há meio que uma oportunidade perdida, já que o roteiro não desenrola bem após a primeira hora de filme. De qualquer maneira, Super 8 é um ótimo longa, cheio de referências a bons filmes dos anos 70 e 80. Nostalgia pura.


A trilha: se o roteiro tem falhas, seu triunfo é o som. Uma verdadeira aula de mixagem, sem medo de não usar som quando preciso. A batida de trem chama atenção, mas a cena com o delegado no posto de gasolina é um exemplo de masterização excepcional.


5. Mestre dos Mares: O Lado Mais Distante do Mundo (Master and Commander: The Far Side of the World) - 2003

O filme: retrata bem a era Napoleônica, combinando ótimos cenários e cenas tensas a excelentes efeitos visuais. Um pouco longo, mas vale a pena.


A trilha: o uso de efeitos sonoros é brilhante. Tiros de canhão nunca soaram tão bem.

6. Oblivion - 2013

O filme: embora não seja tão inteligente quanto almeja, Oblivion entretém e é cheio de imagens e design estonteantes. A atuação de Tom Cruise também agrada. A trilha: Oblivion é mais um filme que é bastante favorecido pela trilha, que é dos franceses da M83. Junte isso a excelentes efeitos sonoros, em especial dos drones. 7. O Barco: Inferno no Mar (Das Boot) - 1981

O filme: conseguindo balancear uma forte mensagem anti-guerra com um emocionante enredo, sustentado por atuações brilhantes, O Barco ainda é o melhor filme já feito sobre submarinos (não que haja muita concorrência). A trilha: apesar de já ser relativamente antigo e graças à natureza dos sons em um submarino, esse filme ainda tem uma das trilhas mais imersivas, o que agrega muito à sensação de confinamento no filme. 8. Clube da Luta (Fight Club) - 1999

O filme: você pode argumentar que uma vez que você tenha visto a reviravolta (esperamos não ter arruinado o filme pra você!), você não precisaria assisti-lo novamente, mas a atuação dos três atores principais tornam o Clube da Luta um filme que merece ser visto e revisto. A trilha: uma combinação de momentos de música eletrônica, com outros de impacto e alguns de silêncio total fazem desse filme uma experiência bem intensa. 9. Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (Jurassic Park) - 1993

O filme: o que podemos falar de Jurassic Park? Spielberg estava no auge de sua carreira, efeitos especiais computadorizados utilizados de maneira cuidadosa que ainda hoje são considerados bem feitos, a maestria de John Williams... Tudo isso em um filme que foi um marco do cinema. A trilha: a música, junto com os icônicos efeitos sonoros, dão intensidade e entusiasmo que poucos filmes hoje em dia chegam perto. 10. Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road) - 2015

O filme: valeu a espera! O enredo mostra o que é ser humano quando a humanidade fracassa, com lindas imagens. A trilha: uma das melhores da última década, perfeita para multicanais. Tem algum filme que você indica para testar suas caixas de som? Compartilhe nos comentários!

#Home360 #hometheater #lista #filmes #cinema #pacificrim #tron #gravidade #super8 #mestredosmares #Oblivion #DasBoot #ClubadaLuta #JurassicPark #MadMax

Posts Em Destaque
Posts Recentes