Cambridge Audio Azur 751R AV Receiver


Mesmo se você não estiver procurando um novo receiver, somente como um fã de tecnologia áudio e vídeo, você deve encontrar um receiver Cambridge Azur 751R para dar uma olhada em sua parte traseira. Maravilhe-se com o que parece um anacronismo nesses tempos de painéis traseiros desertos nos receivers: o 751R é tão densamente lotado com entradas e saídas, portas de controle, switches e até um grande (mas silencioso) ventilador, que mal há um centímetro de painel livre entre suas conexões de antena de rádio e sua porta de alimentação AC.


A parte traseira do 751R é tão cheia de conectividade que, na verdade, pode até demorar um pouco antes que você perceba a presença de outra inclusão anacrônica e de uma notável omissão quando contrastado com a grande oferta de receivers de hoje em dia: esse tem entradas S-video... e não tem porta Ethernet! Essas são somente as primeiras e mais óbvias pistas que o Azur 751R não foi feito no mesmo molde que sua concorrência – o primeiro indicador que a Cambridge está mirando em um tipo diferente de consumidor, com um gosto diferente, que é mais atraído para a performance pura do áudio que para recursos de streaming e controle por aplicativos. Bom notar que esses recursos podem ser facilmente supridos por equipamentos como Chromecast ou Apple TV.


Outro detalhe interessante é a interface da tela que, apesar de simples, tem um layout intuitivo que dá acesso às opções de áudio, vídeo e entrada.


A função audio-split permite mostrar imagens distintas do áudio como, por exemplo, passar as imagens de um canal de TV a cabo enquanto toca-se o áudio de um blu-ray.


Já o follow-main permite que se tenha a mesma fonte de áudio na zona 1 e na zona 2, sem a necessidade de entrada de áudio analógico, permitindo reproduzir fontes de áudio e vídeo digitais na zona 2 sem perdas ou assincronias.


Comparação entre as partes traseiras do 751R da Cambridge e do 1510s da Harman.


Performance Ao testar o receiver, fomos impressionados não só pelo alcance dinâmico, mas pela precisão absoluta em que ele reproduz elementos distintos do mix de áudio. Qualquer um que diga que todos os receivers são iguais, nunca ouviu o Azur 751R da Cambridge Audio. E totalmente ao contrário dos receivers convencionais, o 751R também soa incrível em estéreo. São 170 watts de saída em estéreo.


Conclusão O Azur 751R da Cambridge Audio entrega um áudio tão impactante, dinâmico e detalhado que você só poderia esperar qualidade igual de equipamentos separados (pré-amplificadores + amplificadores). Sua performance de som estéreo, quando trabalhando com caixas que aguentem seu alcance, é impressionante. Não há mais nada no mercado que chegue ao mesmo nível do 751R pela mesma faixa de preço.


#cambridgeaudio #cambridge #751R #receiver #CambridgeAzur #áudioevídeo #AV

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.